Desapegar…

 em Uncategorized

Esse texto é para quem está naquela fase de procurar novos caminhos e transformação interior. Para quem busca restruturação da consciência, novas ideias e pensamentos. É um bom começo para entender que mudar a forma de enxergar a vida, nos faz mudar a visão que temos sobre nós mesmos.
Quando nossos pensamentos mudam, nossas emoções também se alteram. Essa frase me faz pensar na primeira Nobre Verdade de Buda que fala sobre sofrimento e que a dor inevitavelmente existe. O problema é que vivemos desesperadamente fugindo dela.
Muitas das vezes deixamos de realizar ou mudar, porque sabemos dos riscos e que possivelmente vai doer! É como se a dor tivesse que ser evitada.
O primeiro passo é aceitar que a dor existe, mas sofrer pela dor é uma escolha sua. A partir daí não fugimos mais dela.
O segundo passo é entender que suas sensações e percepções sobre a vida estão fundamentadas, nutridas e validadas através das crenças e você precisa perceber de maneira ampla, como realmente se vê!
O próximo passo é desapegar! Para a grande maioria, a palavra desapego soa para nossos ouvidos de forma agressiva e a associamos ao abandono. Mas não é por aí… Nossa ideia de finito e que vai acabar nos faz agarrar inconscientemente a tudo aquilo que tem importância para nós. Com medo do fim, da perda, a gente acaba se segurando nas pessoas e nos sentimentos que temos por elas.
Entenda que a principal fonte do apego é a crença da dependência. Crescemos acreditando na necessidade de um seio familiar completo, de um casamento perfeito, diploma e conquistas extraordinárias para que a sociedade te aceite e assim se realize como pessoa.
Por isso nos agarramos freneticamente a tudo. Criamos a ideia do TER, antes do SER. E quando a conquistamos não queremos soltar de jeito nenhum. Mas se tem uma coisa que aprendi na vida, é que o Universo exige MOVIMENTO, DESAPEGO e isso não quer dizer abandonar.
Desapego é soltar, deixar livre, deixar fluir! É viver o hoje com amor e aproveitar os momentos felizes. É desafiar nossa pseudo segurança interna e deixar ir antes mesmo que se vá. Se libertar do apego te libera da preocupação, da aflição, da dependência, posse do outro, quando tudo aquilo que temos de fato, somos nós mesmos e nossa própria essência.
Até seu próprio corpo um dia terá que deixa-lo e isso não quer dizer que não vá cuidar dele. Desapegar significa tirar os condicionamentos e acreditar que nada é para sempre exceto nós para nós mesmos!

Postagens Recentes
Mostrando 2 comentários
  • Avatar
    Taylla Cristina
    Responder

    O que eu precisava ler nesse momento! Ótima reflexão 👏👏👏

  • Avatar
    Mari
    Responder

    Obrigada Taylla!!! Muito feliz por isso!

Deixe uma resposta para Taylla Cristina Cancelar resposta

Contato

Olá! Tudo bem? Entre em contato comigo e logo respondo suas dúvidas!

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt