Sim… O ciúmes trava sua vida!

 em Uncategorized

Sabe aquela pitadinha de ciúmes que sempre gostamos de temperar nossas relações? E quando falamos em “pitadas”, podemos comparar a aquela comida que adoramos, mas que por mil motivos, não podemos abusar todos os dias.
Quando deixa de ser trivial e acrescentamos o tempero do ciúmes diariamente, o que era excêntrico se torna rotineiro. Sua mente então converge toda sua energia para aquela pessoa. Tudo ao seu redor se limita ao que outro está fazendo, o que deixou de fazer e enquanto isso, todas as possibilidades do mundo estão fechadas. O único holofote está direcionada e focado para aquela pessoa!
Quando conectamos toda nossa potência mental e criativa em um único ser, as energias acabam se fundindo. E o grande problema desse movimento é que a vida dos dois fica aprisionada num ping pong de insegurança e ninguém lida com ela.
Os românticos acharão especial e lindo o fato de tal conexão fazer com que dois virem um só!!! Nãooooooo!!! Não é assim que funciona e isso não dá certo! A energia não se fundi com fluidez e troca, elas se confundem, emaranham e travam, não deixando as coisas acontecerem. São dois fluxos que se encontram e grudam como um cimento e sedimentam como uma paralisia. Sua criatividade, fluidez e movimento acabam… Por isso a sua vida trava.
Se você se considera uma pessoa ciumenta (ou já te disseram isso), se questione sobre sua prosperidade. Quais são os pontos da sua vida que você deposita energia? Sua criatividade vai além de mexer no celular do outro? Ou ficar incansavelmente buscando informações sobre o que o outro fez ou deixou de fazer? Nesse caso, não há expansão e sim maneiras incansáveis de controle.
Agora que você entendeu que o ciúmes é uma das causas que impede que sua mente e vida fluam, você precisa liberar o outro de sua própria insegurança. Acredite que para isso, você precisa confiar em si mesmo! Na sua potência realizadora e parar de esperar que isso aconteça através do outro.
Pare alguns instantes e se pergunte: Por quê quero travar a minha vida? Por quê quero dominar alguém? Pra que? Para não se responsabilizar? Preguiça? Medo do que vai acontecer?
Saiba que o sentimento de PODER aprisionando o outro é uma enorme ILUSÃO de vantagens para não encarar e gerenciar suas reais capacidades e sua própria vida. Uma história que poderia ser ampla é restrita em um único ser. Tudo isso porque falta coragem para abraçar tudo que a vida tem para lhe oferecer.
Tenha consciência, assuma a responsabilidade e busque ajuda para tapar esse buraco na alma. Coloque os pingos nos “i”s e determine seus projetos e sonhos. Sair dessa acomodação já gera o movimento para que você possa destravar esse ciúmes besta, que não te deixa sair do lugar. Resgate a vida que você abandonou e assuma o controle dela. Saia da gaiola… pare de chantagem emocional… e se blinde das armadilhas mentais!
Libertar o outro faz parte dessa mudança e se der um frio na barriga, ótimo! Você está vivo de novo!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Contato

Olá! Tudo bem? Entre em contato comigo e logo respondo suas dúvidas!

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt